top of page

Aprovado o projeto que insere as mudanças climáticas na Lei Orgânica de Balneário Camboriú

Foi aprovado na noite desta terça-feira (28), o projeto de autoria do vereador Eduardo Zanatta (PT), que coloca as mudanças climáticas e o desenvolvimento sustentável como eixos centrais na Lei Orgânica do Município. A iniciativa busca prevenir os impactos das mudanças climáticas em Balneário Camboriú, como enchentes e tempestades, além do desmatamento.


“Eu sempre digo que Balneário Camboriú não é uma ilha. Tudo o que acontece em outras cidades e regiões têm impacto aqui e com as mudanças climáticas não é diferente. Precisamos ter compromisso e responsabilidade com o meio ambiente. É urgente pensar, estimular e financiar políticas locais que garantam o bem-estar dos nossos moradores. O desenvolvimento de Balneário Camboriú precisa estar alinhado com uma agenda ambiental”, diz Eduardo Zanatta.


Por se tratar de uma emenda à Lei Orgânica do Município, foi necessário que outros 6 vereadores assinassem em conjunto o projeto de emenda, para que ele pudesse tramitar na Câmara de Vereadores. Assinaram o projeto o vereador Anderson Santos (Podemos), vereador André Furlan Meirinho (Progressistas), vereador Elizeu Pereira (MDB), vereadora Juliana Pavan Von Borstel (PSDB), vereador Nilson Probst (MDB) e do vereador Patrick Machado (PDT).


“Estou muito feliz e agradeço aos vereadores que assinaram, junto comigo, o projeto. Com a lei, vamos mostrar que é possível criar um ambiente mais propício para o desenvolvimento sustentável e para a melhoria da qualidade de vida da população. Isso pode incluir a promoção de tecnologias limpas e sustentáveis, a melhoria da qualidade do ar e da água, a proteção de áreas verdes e a redução dos impactos negativos da urbanização, garantindo que as questões ambientais sejam levadas a sério pelas autoridades locais e promovendo o desenvolvimento sustentável na cidade”, afirma o vereador Eduardo Zanatta.




11 visualizações0 comentário
bottom of page